COMPARTILHAR
Inicio Dicioporto Tempo (Senten...

Tempo (Sentenças Lebres)

Tempo (Sentenças Lebres)

0
308

1.
Um homem com barba gosta de dar tempo ao tempo.

2.
O pó que limpamos em casa são os restos mortais do tempo que vive connosco.

3.
Debaixo do chuveiro sentimos o tempo a passar.

4.
Saramago poupava nos parágrafos para ter tempo para namorar.

5.
Quando está a chover ouvimos o tempo passar.

6.
O trabalho temporário é um roubo.[1]

[1] A estrutura desta sentença é semelhante à greguería de Ramón: O mel é um roubo. in Greguerías, seleção e tradução de Jorge Silva Melo, 1.ª edição, Assírio & Alvim, 1998, página 106.

7.
Não há tempo para ser infeliz.

8.
Houve um tempo em que a poesia evolava.

9.
Debaixo do guarda-chuva os namorados abrigam-se do tempo.

10.
Se não pode entrar em nossa casa, o tempo põe-se a chorar na vidraça.

11.
O tempo gosta muito de brincar com a cadeira de plástico que está no terraço.

12.
Elisabete II: tanto tempo para viver e tão pouco para morrer.

13.
Estamos sempre a tempo de morrer.

PML

Partilha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here