COMPARTILHAR

Sol

Sol

0
738

1.

Sol
Que quando és nocturno ando
Com a noite em minhas mãos para ter luz.

Por Daniel Faria, in Poesia, Edições Quasi, Novembro de 2003, página 240.

2.

Estrela, astro central, de comportamento instável, do nosso sistema planetário.

Nota musical produzida pela voz humana ou por um instrumento quando os seus sons se elevam até à altura do sol.

Por Francisco Duarte Mangas e João Pedro Mésseder, in Breviário do Sol, Editorial Caminho, Janeiro de 2002, página 67.

3.

Sete da manhã
O sol acorda
com olheiras enormes

Por Jorge Sousa Braga, in Ao Porto, Colectânea de Poesia sobre o Porto, organização de Adosinda Providência Torgal e Madalena Torgal Ferreira, Publicações Dom Quixote, 2001, página 36.

4.

enquanto o sol, em dardos, sobre o mar se crava.

Por Jorge de Sena, in Ao Porto, Colectânea de Poesia sobre o Porto, organização de Adosinda Providência Torgal e Madalena Torgal Ferreira, Publicações Dom Quixote, 2001, página 45,  in Coroa da Terra (1946), obra dedicada à cidade do Porto e ao poeta Ribeiro Couto e A BULA de Fevereiro de 2017, Comprimido I.

5.

Bóiam restos de sol esquecidos na lividez do rio,…

Por Raul Brandão, in Os Pescadores, Estante Editora, 2.ª edição, agosto de 2010, página 66.

6.

No escuro, o sol aguarda a sua vez. Mas de manhã cedo as nuvens metem-se por vezes à frente.

Por João Pedro Mésseder, in Abrasivas, Deriva Editores, Novembro de 2005, página 17.

7.

Quando o sol desponta, vencidas pela fadiga, pesam de sono as pálpebras da noite.

Por João Pedro Mésseder, in Abrasivas, Deriva Editores, Novembro de 2005, página 17.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here