COMPARTILHAR

Manhã

Manhã

0
962

1.
A manhã é uma concha de água azul
Onde o sol mergulha e flutua.

Por Luís Veiga Leitão, in A bicicleta e outros poemas, Associação dos Jornalistas e Homens de Letras do Porto, página 38.

2.
uma harpa de orvalho
anuncia a manhã.

Por Francisco Duarte Mangas, in A fome apátrida das aves, Modo de ler, página 168.

3.
Manhã de não sei quando, manhã que não existe e vou desenterrá-la tal qual, azul e névoa, névoa e mar…

Por Raul Brandão, in Os Pescadores, Estante Editora, 2.ª edição, agosto de 2010, página 31.

4.
MANHÃ DE MAIO

Na padaria da esquina alguns
poucos clientes bebem meia

de leite e comem regueifa
quente com manteiga… Sais

para a rua ainda deserta
à espera de sentires nos lábios

o primeiro beijo da manhã

Por Jorge Sousa Braga in Porto de abrigo, Assírio & Alvim, novembro 2005, página 33

5.
MANHÃ

Vindo da penumbra do corredor
chegas à cozinha onde o sol
entra pelo janelão   A luz cega-te
esperas um pouco e reabres os olhos
Habituado à intensidade da luz
só tens tempo de perguntar
– o que fizeste para merecer
tanta felicidade

Por PML

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here