COMPARTILHAR

Língua

Língua

0
636

1.
Língua morta dá eternidade às coisas.

Por Francisco Duarte Mangas in A rapariga dos lábios azuis, Quetzal Editores, 2011, página 36.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here