COMPARTILHAR
Inicio Dicioporto Libélula

Libélula

Libélula

0
672

Uma libélula voa –
de nádega em
nádega

Por Jorge Sousa Braga, in O poeta nu [poesia reunida], Uma libélula, Assírio & Alvim, 2.ª edição, abril de 2014, página 144.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here