COMPARTILHAR

Cigarras

Cigarras

0
1034

Amei a vida
Como se fora um castigo

Cantei-a
Como se fora um feitiço

Por Daniel Faria, in Poesia, Edições Quasi, Novembro de 2003, página 367.

De tanto cantar
não resta da cigarra
senão a sua casca

*

Silêncio:
as cigarras escutam
o canto das rochas

*

As cigarras cantam
sem saberem que é a morte
que as escuta

*

A mesma paisagem
escuta o canto e assiste
à morte da cigarra

por Matsuo Bashô in Animal Animal, Assírio & Alvim, fevereiro 2005, página 61, tradução de Jorge Sousa Braga

acabou a farra
formigas mascam
restos de cigarra

por Paulo leminsk in Toda Poesia, Imprensa-Nacional, março 2020, página 337

Partilha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here