COMPARTILHAR
Inicio Dicioporto Cadeira por V...

Cadeira por Vasko Popa

Cadeira por Vasko Popa

0
50

O cansaço das colinas errantes
doou a sua forma
ao seu corpo sonolento

Está sempre de pé

Como ela gostaria
de sair disparada escada abaixo
ou de dançar
sob a luz lunar do crânio
ou de apenas sentar-se
sentar-se nas curvas cansadas de alguém
para descansar

In A maçã de ferro e outros poemas, Maus, fevereiro 2024, tradução Filipe Ribeiro, página 19

Partilha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here