COMPARTILHAR
Inicio Dicioporto A mosca por W...

A mosca por William Blake

A mosca por William Blake

0
173

Não serei eu
uma mosca também?
E não serás tu
como eu um homem?

Porque eu não paro
de beber e de cantar,
até que uma mão distraída
me impeça de voar.

Se pensar é viver,
se pensar me faz forte,
e se não pensar
é a morte;

Então eu sou
uma mosca de verão;
quer morra
quer não.

tradução de Jorge Sousa Braga in Animal Animal, um bestiário poético, Assírio & Alvim, fevereiro 2005, página 123

Partilha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here