Rua da Estrada da Mudança de Combustível

/ 856 leituras
ÁLVARO Domingues viu e registou: o que dantes era um posto de abastecimento de combustível para veículos automóveis é hoje um estabelecimento de venda de sepulturas à face da rua da estrada....

Casa do Brasileiro

/ 1742 leituras
ESCRITORES como Camilo ou Júlio Dinis reproduziam na literatura a velha tendência de, através da crítica do gosto, marcarem distâncias sociais face à ascensão de novas elites. Neste caso, tr...

Rua da Estrada do Alter Ego

/ 676 leituras
O ALTER Ego Center Stare Bene – benessere, massagi, solarium – é um edifício esticadinho estilo cor de salmão em mistura de tiques classicizantes, sito na Strada Statale Adriatica um pouco a...

Rua da Estrada da Galiza

/ 617 leituras
GALICIA é a mellor esquina do solar hispánico, cabo do mundo antigo e avanzada de Europa no mar inmenso da libertade. A arquitectura barroca do noso chan, labrada en pedra granítica, está se...

Ao desafio com Álvaro Domingues

/ 1839 leituras
A Rua da Estrada não é um lugar (seja lá o que se entender por isso), é uma relação, vive do movimento.

A Rua da Estrada: apresentação

/ 1184 leituras
DA longa história da cidade ficaram algumas coisas sobre as quais estamos todos de acordo: uma organização social; suportes infraestruturais necessários à troca e à relação; edificação; dive...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Rui Moreira (1956)

Se houver cuidado e proteção está-se a contribuir para uma concorrência leal. Os bons empresários estão interessados neste acordo porque a concorrência mais desleal é aquela que descuida a segurança e a proteção dos trabalhadores.

Rua da Estrada de Atenas

ANDAVAM os antepassados da Angela Merkel nas cavernas por entre ursos e outras barbaridades, quando Péricles edificava Atenas antes das guerras do Peloponeso.  Era assim o mundo, aos encontrões, como sempre. Depois de edificar a Acrópole verificou-se que custava muito lá subir e muito ventosa. De íngreme que era e de caminhos mal empedrados, as quadrigas patinavam e viravam-se de rodas e pernas para cima. Então, depois de muitos séculos prodigiosos, conseguiu-se finalmente domesticar os cavalos de uma maneira diferente de modo a que coubessem às dezenas e às centenas nos motores dos automóv...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 705 leituras
As chaves do Paraíso são Yale?