Beija-me, beija-me muito!

/ 4391 leituras
ATRAVESSEI o rio Douro no barco valboeiro do Zé Chasco. Aque...

Mosteiro de São João Baptista, Alpendurada

/ 3503 leituras
APESAR DESTAS ARRELIAS que me vão complicando a vida, conser...

Douro, rio de lágrimas

/ 3185 leituras
Texto de Manuel Araújo da Cunha e foto de IPTM

Lucinda

/ 3015 leituras
A TERRA DE MELRES É BARRENTA, quase vermelha, o pó do trilho...

Zahra

/ 2759 leituras
AQUELA mulher moira que te enfeitiçou uma vez, ainda tem de ...

Milagre em Julho

/ 2521 leituras
DIZEM QUE OS MILAGRES ACABARAM, que por via das injustiças d...

Chico Marta

/ 2304 leituras
QUEM é Deus!? A pergunta estalou na sonolenta quietude de...

A Barca de Fantasia

/ 2275 leituras
MATILDE era decerto a mais formosa e talentosa das meninas d...

Conversas de barqueiros

/ 2266 leituras
– Não deve haver um rio como este em parte nenhuma da terra. Ele compreendia-nos, falava com a gente, tinha-nos amor!

Stabat Mater

/ 2234 leituras
ONÍRICA, angustiante e crepuscular atmosfera. Rabiscos aluci...

Flor do Douro

/ 2220 leituras
É AQUI que eu moro nesta reentrância de paz e de silêncio. O...

O crime de Eira de Melo

/ 2208 leituras
Texto de Manuel Araújo da Cunha e foto de I.P.T.M.

O barqueiro da ilha dos amores

/ 2081 leituras
Texto Manuel Araújo da Cunha e foto de IPTM

Barco velho

/ 2077 leituras
HAVIA um velho barco a boiar nas águas do rio escondido num ...

Feliz Natal rio de oiro

/ 2074 leituras
O TEMPO PASSA A CORRER sobre as tuas águas e sobre as serras...