A partida

/ 1753 leituras
HÁ MILHÕES de anos, quando os mundos se fundiam numa guerra ...

O Lopes

/ 1709 leituras
NADA DO QUE É GRANDEZA TE FASCINA. Convives com todas as gen...

Cipriano

/ 1697 leituras
Abifa-te Cipriano ou morres!

Sinfonia eterna

/ 1687 leituras
Lá em baixo, nas profundezas de um vale de encantos, corre um rio. É o Douro, uma silhueta líquida imponente a serpentear por entre as aldeias ribeirinhas até desaparecer na minha linha visual lá para os lados da cidade do Porto.

História aos quadradinhos

/ 1645 leituras
Texto de Manuel Araújo da Cunha e foto de António Silva

Boieiro

/ 1637 leituras
Em Quebra Fios a manhã despontava quente e linda quando um surdo mudo descalço, remava no barco valboeiro na tentativa de cambar o rio para a margem esquerda até terras de Gondarém, lugar escondido dos olhos da sede da freguesia da Raiva e do centro de concelho de Castelo de Paiva.

Suspiros de Outono

/ 1633 leituras
Texto de Manuel Araújo da Cunha e foto de IPTM

Epifania dos ventos

/ 1592 leituras
ERA uma reentrância na margem do rio, um remanso, um porto d...

Contos velhinhos de amor

/ 1565 leituras
TINHA eu apenas quatro anos de idade quando a minha mãe me l...

Pão de Deus

/ 1550 leituras
Texto e foto de Manuel Araújo da Cunha

Uma história de amor

/ 1542 leituras
Texto e foto de Manuel Araújo da Cunha

Cidade surpreendente

/ 1538 leituras
A NOITE desceu sobre o rio tão repentinamente que surpreendi...

António

/ 1535 leituras
LEMBRAS-TE DO ANTÓNIO filho da padeira? Era um rapazito quan...

Estátua de carne

/ 1496 leituras
A estátua estremece, parece ter vida.​

Fábula

/ 1487 leituras
Texto e foto de Manuel Araújo da Cunha