A minha voz (II)

/ 710 leituras
A minha voz Inda é silêncio Amorfa ideia, um susto. De ...

O hai kai

/ 799 leituras
Quando o hai kai O trovão senta a pua E o poeta sai às rua...

Zoofilia erótica

/ 1648 leituras
A vaca: quando não é profana é boa deleite. Por Josafá...

Provérbio

/ 705 leituras
Quem deita com a palavra semeia o silêncio. Por Josafá d...

Natureza morta

/ 784 leituras
Adaga sobre a mesa é faca de dois (le) gumes. Por Josaf...

A minha voz (I)

/ 1041 leituras
A minha voz Inda é silêncio Amorfa ideia, um susto. De ...

Inverno

/ 698 leituras
Os russos do Cazaqu (istão) Com frio. Por Josafá de Oró...

Poemas da Alma da EMEF Frederico Ozanan – Pelotas – Brasil

/ 1347 leituras
PELOTAS é uma cidade localizada ao Sul do Estado do Rio Gran...

Five lines

/ 758 leituras
To overcomes lies in the heart, in the streets, in the boo...

O passarinho

/ 928 leituras
Um passarinho ainda bebé caiu do ninho para a rua. Uma pess...

UMM… UMM…

/ 722 leituras
Miríades de luzes ofuscam o céu negro. Sons de foguetes ras...

The stranger

/ 658 leituras
The stranger who wants to stay at the temple for searching ...

O cavalo que fala

/ 783 leituras
Na minha fazenda tem um cavalo que fala. Vendi ao vizinho ...

Vitórias natimortas

/ 547 leituras
Cansada de se decepcionar ela deixou de sonhar sem saber q...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Jorge Nuno Pinto da Costa (1937)

PARA o FC Porto, terminar imediatamente o campeonato até podia ser positivo, tanto ao nível desportivo como financeiro.

Rua da Estrada da Paragem

Texto e foto de Álvaro Domingues

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 836 leituras
As árvores de Natal já nascem iluminadas?