Plantar… Regar… Semear!

/ 915 leituras
Plantar... Regar... Semear! Amar... Cuidar... Conservar! O amor deve ser plantado, cuidado, regado e semeado para depois ser conservado, pois somente assim construiremos um mundo melho...

Nubes

/ 905 leituras
Desde la ventana de mi oficina veo nubes. Nubes, que parecem ovejitas que pasan hacia el norte arriadas por el viento pampero... y me voy detrás de ellas... Por María Victoria B...

O passarinho

/ 891 leituras
Um passarinho ainda bebé caiu do ninho para a rua. Uma pessoas que passavam levantaram-no do chão e levaram-no para casa. Puseram-no junto a uma janela e trataram-no. A mães, quando cheg...

A infância

/ 854 leituras
a infância se foi, mas o aroma dos caquis ficou em Lisboa Por João Paulo Hergesel, que vive em São Paulo.

Fugas

/ 853 leituras
Fugas furtivas, Furtivas fugas Onde a força no éter se esvai Parte de mim, cá, comigo fica, A outra, com ela vai. Por Ismar Barbosa, que vive Maracanã, Rio de Janeiro, Brasil.

(R)existir

/ 840 leituras
Formiga trabalha, mas não tem utopia: bicho pensante sonha! - ele gritou no meu ouvido. fechou minha garganta, molhou minha retina. Bicho diferente que sou, encolhi à sombra. Pensei em...

O primeiro beijo por Regina Ruth Rincon Caires

/ 824 leituras
De lábios roxos, a boca cerrada, fria, sepulta a tristeza das palavras duras, dos impropérios, dos desagravos. Encova, também, a doçura das juras de amor. Agora, o encanto do primeiro beijo,...

Inventário

/ 811 leituras
Quatro gatos - logo será um Cachorro. Três peixes - foram mais de dezena. No telhado: pombos e pardais. Andorinhas nos fios. Zé do Passarinho e todas as gaiolas. À noite, guinchos de morce...

Menino-bicho

/ 811 leituras
Ah, menino sério! Ah, menino moleque! Ah, homem de tantas idas e vindas! Menino-garnisé, avesso ao carinho, mas pronto no afeto. Menino-morcego, ferido no seu brinquedo favorito: voar. ...

Redemoinho

/ 802 leituras
acorda, Diolinda, probatente sem pente nem dente não tem galo na madrugada de Joaquim Serafim? será o quê? será Lindinalva da vida salva Maximiliano dos grãos à meia ou Dalva do so...

Hecho casual

/ 802 leituras
Hace algunos años un hecho casual me acercó a la pintura, y la fotografia ellas estan vinculada con el alma, y sin buscarlo, se transformó y se plasma en colores y vivencias recuperadas....

Mundo enfadonho

/ 801 leituras
Vejo em um mundo enfadonho O pensamento fluindo: A realidade é um sonho Do qual se acorda dormindo. Por João Paulo Hergesel, que vive em São Paulo, Brasil.

Floreios por Suyan de Melo

/ 798 leituras
não era nem festa que dirá primavera te ofereci um verso feito na hora como se o acaso fosse agora e era Por Suyan de Melo, que vive em Laguna, Santa Catarina, Brasil.

“Telegrama do Príncipe para a Branca de Neve” por Alice Vieira

/ 798 leituras
Não esqueças conselhos. Não abras a porta. Não fales a estranhos. Não ouças a bruxa. Não lhe aceites prendas. Não morras assim! Cospe a maçã e espera por mim. Alice Vieira vive e...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Rui Moreira (1956)

Há um projecto de lei que diz querer introduzir alterações cirúrgicas à lei orgânica de 14 de Agosto. Sabe o que é a cirurgia? É impedir que o nosso movimento se candidate como se candidatou nas últimas eleições. Diga ao dr. Rui Rio que ganharemos as eleições ao PSD com o nome linha azul e verde.

Rua da Estrada da Surpresa

Agora que esta vidraria aqui se instalou ainda nova e por estrear, é que a vivenda é mesmo surpresa.

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 390 leituras
Onde foi o pintainho buscar o engenho de picar o ovo?