Domar

/ 467 leituras
Não te deixes que te condicionem. Tampouco te privem do so...

O pneu da bicicleta

/ 424 leituras
O João e o Francisco foram andar de bici- cleta pela flore...

Pelotas é uma cidade adorada

/ 608 leituras
Pelotas é uma cidade adorada preciosa como um papel uma ci...

Troya

/ 684 leituras
Enquanto guerras e horrores são cantigas de perversos, meu...

(R)existir

/ 873 leituras
Formiga trabalha, mas não tem utopia: bicho pensante sonha!...

A Velhice

/ 436 leituras
- Estou exausta. Custa-me subir os degraus da vida... Era ...

O mais importante é a história

/ 440 leituras
O mais importante é a história com nome, morada, correio ...

A minha caligrafia (II)

/ 579 leituras
Eu tentei alterar a minha caligrafia, durante muito tempo,...

Flor do campo

/ 474 leituras
"Nascera flor e flor se sentia. Não uma qualquer - nem poder...

Quem é você?

/ 488 leituras
Quem é você, que no verão me deixa morta de frio, no outo...

Julgamento

/ 466 leituras
Vi a vida embriagada, mas não a denunciei. Nenhum tribunal ...

Amor forte

/ 572 leituras
Um amor forte, uma dor forte. Dor forte! Amor forte! Duas...

Tenho orgulho de ser pelotense

/ 497 leituras
Tenho orgulho de ser pelotense em cada ano que passa sinto...

O velho sem o mar

/ 651 leituras
Porque eram ambos velhos e tinham vivido uma vida em conjun...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Jorge Nuno Pinto da Costa (1937)

PARA o FC Porto, terminar imediatamente o campeonato até podia ser positivo, tanto ao nível desportivo como financeiro.

Rua da Estrada da Paragem

Texto e foto de Álvaro Domingues

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 998 leituras
Os papalvos são alvos?