Birds (A noiva do corvo)

/ 1434 leituras
Por Alvarenga Marques em exposição até ao dia 30 de setembro no Museu Nacional Soares dos Reis no âmbito da coletiva: Quem conta um conto…

Avenida dos Aliados, Porto, Portugal, 09.04.2016

/ 1342 leituras
Por Tiago Cruz publicado in Nãocoisas à vista

Clovis de Paulo Stocker

/ 1191 leituras

Feliz Ano Novo

/ 985 leituras
Feliz Ano Novo + Feliz Año Nuevo + Happy New Year + Glückliches neues Jahr + Buon anno + Շնորհավոր Նոր Տարի + Честита Нова Година + Šťastný Nový Rok + 新年好 + Godt Nytår + Bonan Novjaron + Onn...

Verga mas não quebra

/ 979 leituras
Publicado por Helena Rocio

Cinturão de asteróides por José Alberto Mar

/ 956 leituras
Publicado por Galeria Porto Oriental

A Fada Oriana

/ 946 leituras
Por Sandra Nascimento.

Sem título por Maria Rosas

/ 916 leituras
Por Maria Rosas em exposição na Agitarte – Exposição de Arte Solidária, entre 15 de outubro até 30 de novembro, das 9:30-12:30 | 13:45-18:30, promovida pela Associação cultural e recreativa ...

A bela e a cobra / A vendedora de cebolas

/ 914 leituras
Por Susana Bravo em exposição até ao dia 30 de setembro no Museu Nacional Soares dos Reis no âmbito da coletiva: Quem conta um conto…

Porto

/ 907 leituras
Por Tiago Cruz publicado in Nãocoisas à vista

A bicha das sete cabeças

/ 907 leituras
Por Manuel Ramos em exposição até ao dia 30 de setembro no Museu Nacional Soares dos Reis no âmbito da coletiva: Quem conta um conto…

História da Carochinha

/ 872 leituras
Por Maria Rosas em exposição até ao dia 30 de setembro no Museu Nacional Soares dos Reis no âmbito da coletiva: Quem conta um conto…

Eugénio de Andrade por Graça Martins

/ 864 leituras
Publicado por Graça Martins

De Herencia: Soñar por Yam Paez

/ 833 leituras
Por Yam Paez em exposição na Agitarte – Exposição de Arte Solidária, entre 15 de outubro até 30 de novembro, das 9:30-12:30 | 13:45-18:30, promovida pela Associação cultural e recreativa Agi...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Manuel Pizarro (1964)

TEMOS uma posição na fachada atlântica altamente privilegiada para nos podermos afirmar como dos grandes players europeus do sector das pescas. Mas não basta. Temos de trabalhar em medidas e instrumentos que tornem esta atividade mais atrativa.

Maxilar deslocado

Desde que os humanos investem nas suas cabanas e abrigos pouco primitivos, têm vindo a aumentar e a diversificar-se o número de próteses domésticas que tornam os espaços habitáveis, confortáveis e usáveis para os mais diversos e inesperados fins.

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 901 leituras
Antes de haver telemóvel, como é que as pessoas incomunicavam?