Clovis

/ 709 leituras
De Paulo Stocker publicado in FACEBOOK

De Herencia: Soñar por Yam Paez

/ 905 leituras
Por Yam Paez em exposição na Agitarte – Exposição de Arte So...

MIÉRCOLES DE CENIZA de Zuleta

/ 710 leituras
Por Raúl Zuleta publicado in FACEBOOK

Histórias com coroa por Elisabeth Leite

/ 647 leituras
Por Elizabeth Leite em exposição na Agitarte – Exposição de ...

A princesa do Conde de Paris (O Conde de Paris)

/ 838 leituras
Por Carla Faro Barros em exposição até ao dia 30 de setembro...

Inês Lourenço por Graça Martins

/ 886 leituras
Publicado por Graça Martins.

Clovis de Paulo Stocker

/ 1297 leituras

La estupidez humana em todo su furor!!!!

/ 728 leituras
Publicado por Raúl Zuleta

Sem título por Isabel Braga

/ 504 leituras
Por Isabel Braga em exposição na Agitarte – Exposição de Art...

A bicha das sete cabeças

/ 972 leituras
Por Manuel Ramos em exposição até ao dia 30 de setembro no M...

Romã por Emília Viana

/ 558 leituras
Por Emília Viana em exposição na Agitarte – Exposição de Art...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Bragança Fernandes (1948)

O seu (José Vieira de Carvalho) maior orgulho era a Maia. A Maia que ele sonhou, que ele conquistou, e que irrompeu das suas fronteiras em direcção ao cume dos Municípios. Viveu pela Maia e pela Maia morreu. 

Rua da Estrada de Arbo

Texto e foto de Álvaro Domingues

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 1529 leituras
A quantos decibéis pulsa um coração apaixonado?