António Rebordão Navarro: “A Praça de Liège”.

/ 1410 leituras
ONTEM tive a sorte de almoçar com o escritor António Rebordão Navarro. Eu e mais três amigos. Falámos sobretudo de banalidades risíveis, como convém à mesa, mas era fatal chegarmos aos livro...

Antero Braga (Livraria Lello)

/ 1953 leituras
INICIOU-SE no “mundo dos livros” há mais de 42 anos. Foi um acaso ou era já vocação? Vim aqui parar por acidente e não por vocação. Sou natural da freguesia do Bonfim e na altura estudava...

Sofia Cruz, 36 anos

/ 1051 leituras
“Auferir mais do que 1.190 euros é uma exceção nos centros comerciais. Ainda assim os shoppings são encarados pelos trabalhadores como um porto seguro.” Estas são as conclusões de um estudo...

João Pedro Pêgo, 33 anos

/ 1503 leituras
É O coordenador geral do "De Par em Par na U.Porto", um projecto que envolveu 60 docentes, de 10 unidades orgânicas da U.Porto, e que, "para além de permitir ser observado por colegas docent...

Mariana Monteiro, 39 anos

/ 3003 leituras
É PROVÁVEL que o seu nome ainda faça correr muita tinta. Gostaria de viajar por todos os sítios por onde ainda não viajou, gosta dos Contos de Amor de Hermann Hess e de sardinhas assadas com...

Ary Ferreira da Cunha, 23 anos

/ 1371 leituras
A PALAVRA "debate" tem um novo significado dentro da Universidade do Porto desde que Ary Ferreira da Cunha a ajudou a levar, literalmente, para dentro das salas da instituição. Tudo começou ...

Ricardo Ladeiras Lopes, 24 anos

/ 2223 leituras
RICARDO Ladeiras Lopes, monitor do Departamento de Fisiologia e Cirurgia Cardiotorácica da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), venceu o Prémio Daniel Serrão por ter sido o...

Carla Boehl, 36 anos

/ 913 leituras
CARLA Boehl é licenciada e Engenharia Civil pela Faculdade de Engenharia da U.Porto (FEUP) e fez o mestrado e o doutoramento na Universidade de Estugarda, na Alemanha. Nasceu em Viana do Cas...

Carlos Tê. “O que eu queria era ser músico”

/ 3373 leituras
FOI difícil apanhar Carlos Tê para uma conversa que se queria longa. Não por má vontade do letrista, mas por culpa dos ensaios a propósito do espectáculo de hoje no CCB: "Carta Branca a Carl...

José Archer

/ 1084 leituras
A PRAIA algarvia de Cacela foi o cenário de um conflito com um desfecho exemplar. O banheiro e o cabo do mar debalde tentaram, por várias vezes e a bem, convencer uma família a deixar de lev...

António Gonçalves, 41 anos

/ 729 leituras
O irmão mais velho foi futebolista profissional no Boavista. O mais novo distinguiu-se como internacional de voleibol pelo Leixões. Lá em casa alguém tinha de estudar a sério. Depois de ter ...

Miguel Rodrigues, 36 anos

/ 688 leituras
ACABA de receber, ex aequo com João Barros, da Faculdade de Engenharia da U.Porto, um prémio que é atribuído apenas a artigos de grande originalidade, qualidade e utilidade que tenham sido p...

A Poesia Carnal de Agustina… por Inês Pedrosa

/ 1158 leituras
«CADA voz está só e é única e é contra o coração dos outros, vertiginosamente, que ela ressoa». Esta frase de Agustina acompanha-me todos os dias. Ilumina as tragédias dos telejornais como...

Félix Carvalho, 47 anos

/ 1872 leituras
RECEBEU, recentemente, a Medalha de Mérito da Câmara Municipal de Santo Tirso como reconhecimento da autarquia pelas acções de formação que tem realizado nas Escolas Secundárias do Concelho ...

Tabuleta Digital

Sete Perguntas

Vai no Batalha

Marco Martins (1978)

Considerando o pedido de vários colegas presidentes de Câmara, incluindo do próprio presidente da AMP, deixo a decisão de demissão para o coletivo na próxima reunião do Conselho Metropolitano, desde que me sejam dadas condições e carta-branca para trabalhar.

Rua da Estrada dos tempos que correm

NÃO ao rouvo" é uma expressão de correctíssima grafia segundo isso a que chamam o acordo ortográfico, que preconiza, entre outras coisas, que as palavras se devem escrever tal como são pronunciadas. Aqui trocam-se os bb pelos vv, como se sabe. O mais difícil de engolir não é isso. O mais difícil de engolir é este assado em que estamos metidos e que está bastante bem ilustrado na instalação exposta à beira da estrada: ainda há pouco tínhamos posses para ter um carrito com tudo a que tem direito, rodas, capota, assentos, motor, travões e o mais que é costume, e agora estamos reduzidos a um assen...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 156 leituras
O mar alto mede quanto?