Cerejeira

/ 66 leituras
Acordar, ser manhã de abril a brancura desta cerejeira; ar...

Conselho

/ 56 leituras
Sê paciente; espera que a palavra amadureça e se desprenda...

Cordas

/ 72 leituras
Cordas de casa a casa - a modos de pautas musicais. Luís ...

Candeia

/ 538 leituras
2. Chama de candeia: luz finita, como ser vivo, nem rouba n...

Caneta(s)

/ 455 leituras
guardam as palavras em estado líquido. Por Francisco Duar...

Culpa

/ 448 leituras
1. finíssima teia a estrangular a alegria, minúsculo insect...

Criança(s)

/ 509 leituras
3. Aberta, discreta ou desatenta é como o poeta: não men...

Cão labrador

/ 752 leituras
Cão que se dedica à lavoura. Por Paulo Moreira Lopes in C...

Coração

/ 507 leituras
Uma nascente de água salgada, o coração. Por João Manue...

Cereja

/ 606 leituras
2. rubra palavra, sinónimo mais doce de Maio. Francisco ...

Caça

/ 136 leituras
Já abateram todas as aves de espanto Francisco Duarte Ma...

Cisne

/ 455 leituras
Seria mais autêntico escrever cisne com S. Por Francisco...

Chaimite

/ 95 leituras
máquina de guerra carro de sonhos, às vezes. Francisco ...

Capitão

/ 75 leituras
de tempos a tempos os sonhadores chamam-se assim. Franci...

Choupo

/ 113 leituras
É uma árvore generosa, enche-se de frutos em pleno Verão, Fr...