Fevereiro

/ 137 leituras
Por Maria Mónica

Ideias despenteadas (17)

/ 133 leituras
- Completamos as ideias um do outro. (calendário: fevereiro) Por Catarina Gomes (1983, Águas Santas, Maia), designer de comunicação e ilustradora freelancer, publicado in http://ideiasdes...

Gata

/ 703 leituras
Por Maria João Gonçalves Horta, nascida em 1949 no Porto. Reformada de uma profissão ligada aos números, contabilidade, agora dedicada, entre outras coisas, às artes.

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Bragança Fernandes (1948)

Nenhum governo ajudou na luta contra as portagens e ainda hoje mantenho a crítica. Na altura chamava-os de pórticos cor-de-rosa. Não tivemos o mesmo tratamento que outros municípios. Fomos mal tratados.

Rua da Estrada do Mercado da Arte

APESAR de ser acrílico sobre tela, a arte das valetas pode não ser o género mais apreciado nos meios críticos e comerciais do campo da arte. Ainda que muitos se lembrem que em Paris, nas margens do distintíssimo rio Sena, desde há muito que havia muita arte e artista de rua e de domingo que podia passar para os salões da arte das altas culturas, a verdade é que a N15 não passa em Paris. É pena. Têm mais sorte os rabiscos nas paredes a que chamam graffitis, mesmo que lhes falhe completamente a estética e a política; a primeira, de tão vulgares e desinteressantes que são; a segunda, por lhe f...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 463 leituras
Quem petisca vai na isca ou prefere patanisca?