Abril

/ 135 leituras
Por Maria Mónica

Ideias despenteadas (19)

/ 51 leituras
– Celebramos o dia em que nos deixaram soltar as ideias. (calendário: abril) Por Catarina Gomes (1983, Águas Santas, Maia), designer de comunicação e ilustradora freelancer, publicado in ...

Hornero por Marité

/ 491 leituras
Hornero: pequeno pássaro que vive na América do Sul. Fabrica o ninho com lama entre abril e junho. É a representação da família que trabalha em conjunto. Ilustração de Maria Victoria Rami...

Cravo

/ 2778 leituras
Em que cor pensas quando digo cravo? Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro

Malmequer

/ 446 leituras
Por Josita Oliveira, natural de V. N. de Famalicão, nasceu em 1949. Exerceu a profissão de contabilista. Reside no Porto.

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Rui Rio (1957)

As pessoas que durante um ano e tal andaram a procurar destruir o partido, a destruir a minha liderança, a destruir a direção nacional, fizeram tudo o que estava ao seu alcance para isso, e chegar à última da hora [para] aparecer e dizer que dão um grande apoio é uma situação hipócrita.

Rota das Pirâmides

O EXÓTICO é um desejo; uma máquina de sedução; um domínio geo-semântico que designa um território imenso e quente, desconfinado, longínquo e incerto onde existem coisas estereotipadas, espécie de adereços e ambiências como o cheiro das especiarias, as trovoadas tropicais, as araras, as odaliscas, as palmeiras, os batuques, os camelos, e as pirâmides, por exemplo. O exotismo alimenta-se da nostalgia, do espaço e do tempo, como memória de uma idade de ouro em paragens remotas e tempos perdidos. Depois de Napoleão ter regressado a França após a Batalha das Pirâmides e se terem difundido as his...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 467 leituras
Quem cobre todas as propostas evita resfriados?