COMPARTILHAR
Inicio Vai no batalha Jorge Nuno Pi...

Jorge Nuno Pinto da Costa (1937)

Jorge Nuno Pinto da Costa (1937)

0
800

NUNCA esquecerei o momento em que cheguei a esta sala. E podem ter a certeza que vou lutar com redobrado esforço para poder vir aqui o mais breve possível para vos dizer que vocês merecem o que está acontecer. Nós queremos o F. C. Porto campeão dos campeões, o que tem de lutar contra tudo e contra todos. Vamos continuar a lutar e vamos continuar sabendo que há assassinatos no futebol que são atirados para canto e ao mínimo cântico lampião somos castigados e sabendo que ficamos privados de um importante jogador por ter encostado a cara ao quarto árbitro sem ser uma girafa. Isso dá-nos mais força. Deixem de cantar e quem não salta é lampião e passem a cantar e quem não deixe é candeeiro. 

§

TODOS sabemos e sentimos as armadilhas que nos foram colocando no caminho – se não existissem seríamos líderes destacadíssimos – mas a tudo a equipa foi sabendo responder e chega à fase crucial cheia de saúde. Faltam dez jornadas para o final do campeonato, ainda muita coisa vai acontecer. Termino só com um apelo, que todos nós tenhamos noção de que as armadilhas vão continuar e que o comportamento dos adeptos em momento algum dê margem aos que nos querem prejudicar. 

§

EU acho que a equipa fez a melhor exibição da época. Não só no que ao FC Porto diz respeito, mas não vi ainda, nos diversos jogos, alguém ter uma atuação melhor e tão brilhante como a que nós tivemos. 

§

QUEREM-NOS matar, mas não vão conseguir. Se nos atacam tanto é porque não nos consideram mortos. Temos de pagar o preço do nosso sucesso. Com o apoio de todos os que se dedicam ao F.C. Porto, não terei medo dos liliputianos, estarei sempre a defender o F.C. Porto. Inventem, difamem, porque unidos faremos um F.C. Porto que todos merecem. 

§

SE as pessoas pensam que podem ter melhores soluções devem procurá-las. Criticar por criticar é fácil, mas nas alturas em que é preciso assumir e apresentar um programa não aparece ninguém. É só ratos a fugir. Acredito que há pessoas com valor para serem presidentes dentro e fora do clube. As únicas pessoas que não gostava e que tenho certeza que não serão meus sucessores são os meus filhos. 

§

JÁ falei com os jogadores e disse-lhes: esta época acabou. Têm seis jogos para mostrar quem tem caráter e valor para jogar no FC Porto. Quem não tiver, não fica. Estes 6 jogos têm de ser de pré-época para no fim da época se fazer uma mobilização e ganhar! A Taça é em qualquer país a segunda mais importante. Nós já sabemos o que queremos; já temos jogadores que farão parte do plantel da próxima época. Jogadores que não estão no FC Porto e farão parte na próxima época. 

§

HÁ 416 dias que os adversários do FC Porto no campeonato não sofrem uma expulsão. Já tínhamos chamado a atenção para o facto de o nosso clube ser o único dos 18 que participam no campeonato nacional que não beneficiou de um minutinho de superioridade numérica… 

§

DEVEMOS compreender que os tempos mudam e que as circunstâncias são diferentes, pelo que os nomes também deviam mudar. A TAP deveria chamar-se transportadora aérea da Portela. A partir do momento que a TAP foi privatizada já deveríamos estar à espera de tudo. 

§

REFIRO-ME ao jogo em que um árbitro do Porto teve um auxiliar – que nos anulou um golo limpo com o qual hoje estaríamos em igualdade de pontos com o Benfica – vindo de Coimbra, não se sabe porquê ou por alma de quem. E que nos tirou três pontos num jogo, alterando a verdade da competição e até a postura para este jogo, porque não podíamos perder de maneira nenhuma. 

§

VAI ser um ano difícil para Portugal e para o FC Porto, porque quanto mais crescemos e maior o destaque que tivermos, mais inimigos teremos. Não podemos pensar que estamos num país altamente centralista, onde o FC Porto incomoda muita gente. Vamos lutar para poder ser fortes e para conquistar títulos. Não se incomodem quando virem que vão sair três jogadores do plantel, porque não sairá ninguém que não seja possível impedir e, dos jogadores que o treinador considera fundamentais para o clube, posso garantir que não vão sair. 

§

JOSÉ Sócrates teve a amabilidade de querer conviver com as pessoas que tiveram a oportunidade de o visitar quando ele esteve em estágio em Évora. 

§

TENHO a certeza absoluta que Mourinho está tranquilo, sabe, porque é inteligente, que campeão já não vai ser, mas ficará nos quatro primeiros lugares do campeonato e que vai ser um dos candidatos a vencer a Champions. Se não for o FC Porto ficaria feliz que fosse ele. 

§

OBVIAMENTE passa-me ao lado. Tenho de me preocupar com o que me diz respeito e não com o que se passa na casa dos outros. Não tenho nada com isso, nem opinião nem preocupação. Gostaria mais de ver todos a darem-se bem, mas não tenho nada que interferir em questões entre seja quem for. Não tenho outra função no futebol que não a de presidente do FC Porto. 

§

AINDA que se queira dar a ideia de que foi dinheiro, não foi. O Cristián Rodriguez [jogador que também trocou o Benfica pelo FC Porto] teve uma grande influência na vinda do Maxi, porque lhe transmitiu as diferenças entre o Benfica e o FC Porto. 

§

TOTALMENTE falso, não falo com Luís Filipe Vieira por telefone desde que o Benfica cortou relações com o FC Porto. 

§

NUNCA ninguém concorda com tudo, mas há uma coisa que vejo com muito agrado: o treinador defende, intransigentemente, não o seu lugar, mas o grupo que lidera. Gosto muito disso. 

§

NÃO tomei sempre as melhores decisões mas tomei as que achei que fossem melhores para o FC Porto, sem ter medo de consequências fosse do que fosse, de criar inimizades ou de ter pessoas que me queiram ver daqui para fora por não gostarem do clube. Enquanto Deus me der vida e saúde, estarei sempre aqui para servir o clube. 

§

SE estou a falar do cartão amarelo a Neuer? Se tivessem sido cumpridas as leis do jogo, poderíamos estar já com meio bilhete para as meias-finais. Agora, os nossos laterais [Danilo e Alex Sandro] não vão jogar por terem visto o amarelo, por faltas muito menos graves do que algumas que passaram impunes do lado dos alemães. 

§

SERÁ da mais elementar justiça e a forma de compensarmos o seu desaparecimento físico (transladação do corpo de Manoel de Oliveira para o Panteão Nacional). Para nós no FC Porto, e creio que no país, ele será imortal. Está imortalizado no nosso Museu com uma declaração filmada, que é diariamente colocada no ecrã, com o cachecol do FC Porto, a assumir-se como portista de coração e em que afirma que quando o FC Porto ganha, ganha a nação. 

§

O MEU plano para o FC Porto esteve sempre assente em quatro pilares: o rigor, a competência, a ambição e a paixão. E, tendo comigo colaboradores em todos os setores que tenham estes quatro pilares, é evidente que a possibilidade de sucesso é muito maior. Se pensarem bem na competência, no rigor, na paixão e na ambição, se calhar até compreenderão melhor a minha opção pelo atual treinador, Julen Lopetegui.

§

ESTOU muito orgulhoso dos meus jogadores, adeptos e treinador. Cosme Machado? Se viram alguma coisa, digam vocês. Não estou revoltado, estou orgulhoso. Não é normal vir cá porque não é normal sentir tanto orgulho. A vergonha não se vende nas farmácias. Os jogadores estão orgulhosos do que fizeram. 

§

NÃO faço balanços, não me julgo a mim mesmo. Dei sempre o meu melhor pelo FC Porto e tenho tido a felicidade de ter comigo pessoas que têm o mesmo espírito de fazer tudo para que o FC Porto seja cada vez melhor. 

§

NÓS considerámo-nos um símbolo do Porto, um símbolo de Portugal, mas queremos ser igualmente um símbolo de Angola.

§

FORAM os 27 clubes que escolheram Luís Duque. É um homem do futebol que vive o futebol e que tem experiência em clubes e em associações. É um nome que não foi indicado nem pelo FC Porto nem pelo Benfica. É uma pessoa que aceitámos porque estava dentro do perfil que queríamos. 

§

NUNCA tive, em 50 anos que joguei na bolsa, uma acção do BES. Vi as acções descer e ouvi o primeiro-ministro dizer que o BES era um banco seguro, que tinha uma almofada para pagar o dobro das dívidas que tinha. E quando ouvi o Presidente da República, mais palavra menos palavra, a dizer o mesmo. Eu, que confiava no que eles diziam, pela primeira vez, e como muita gente, fui comprar acções do BES. 

§

SABIA que andavam à volta do FC Porto à espera que o cadáver ficasse fácil de comprar. O Valência foi vendido a um sujeito que o Jorge Mendes me apresentou como possível comprador. Enquanto estiver aqui, ninguém vai comprar o FC Porto. Tomámos medidas para salvaguardar que o FC Porto seja sempre dos sócios e dos adeptos. Pode vir quem vier, com mais dinheiro que tenha, que não conseguirá comprar o FC Porto. 

§

A NOSSA equipa ainda é um bebé, mas todas as análises sérias só nos podem deixar satisfeitos com o que temos feito. Trata-se de uma equipa nova. Nova porque contratámos muitos jogadores e nova porque temos uma equipa constituída por jovens ambiciosos e cheios de qualidade, a que se juntam outros com mais experiência. Para esta época o nosso objetivo é recuperar o título nacional, mas isso sabemos que é uma longa caminhada, com altos e baixo, mas que estamos convictos terminará com sucesso. 

§

TEMOS expectativas de ganhar e fazer uma boa exibição. Naturalmente que é uma estreia e um jogo de grande responsabilidade para quem se apresenta pela primeira vez. Penso que a equipa está bem preparada, tem alguma juventude, mas também alguma experiência. Acredito que esta mescla vai resultar em pleno. 

Ilustração de Maria Mónica

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here