421 Leituras
0
COMPARTILHAR

Penso

Penso, Sernancelhe

Revela-se na luz e logo à cabeça,
acomoda a constância da abundância:
livra a noite da extracção do alimento
e do cultivo no doce caminho das pedras gastas.

Por Óscar Possacos

Deixe aqui o seu comentário!

Protected by WP Anti Spam