Início » Arquivos

Artigos com a tag: Anabela Borges

Anabela Borges (1970)
[27 Jul 2017 | Comentar | ]
Anabela Borges (1970)

E o dia repousa / no encanto da tarde: fim de dia. 

A gaita do amolador
[26 Mai 2017 | Comentar | ]
A gaita do amolador

QUANDO, no espanto do dia, do alto dos telhados e das esquinas insondáveis da rua Miguel Bombarda, se ouvia o som da gaita do amolador a espalhar-se pelo ar, a embater no casario, a entrar pelas janelas, a meter-se pelas frinchas e pelas fechaduras comidas da ferrugem, a trepar pela pedra e o azulejo secular, a dona Celestina dizia logo,
“Olha. Amanhã vai chover”.
Era um som que se aproximava lento, que não se tinha a certeza de se ter ouvido logo ao início, como brisa leve que quase não provocasse aragem …

Anabela Borges (1970)
[6 Mai 2017 | Comentar | ]
Anabela Borges (1970)

Comecei a publicar livros em 2011. Desde essa altura que recebo convites para diversos eventos ligados à escrita – encontros com alunos, apresentações de obras de outros autores (tive, recentemente, por exemplo, o prazer de apresentar os ENSAIOS E ARTIGOS, de Agustina), palestras… colaboração em blogues…

§

Escrevo esta crónica no dia 22 de Março (2017). As emoções do dia anterior latejam ainda muito à flor da pele. Lá fora, o mundo continua aquele lugar, a um tempo, belo, terrível e inquietante. E, por acaso, está um dia agreste, pesaroso, carregado de ventos …

LER POR PRAZER | LER PARA SER
[15 Mar 2017 | Comentar | ]
LER POR PRAZER | LER PARA SER

Publicado por Anabela Borges.

Os anjos de pedra de Anabela Borges
[19 Nov 2015 | Comentar | ]
Os anjos de pedra de Anabela Borges

TRATA-SE de uma narrativa de inspiração inesiana, que desfia uma sequência de solilóquios de Inês de Castro e de Camões (que, como se sabe, tratou o tema n’Os Lusíadas) e que, à beleza do modo de dizer antigo, associa o olhar do homem dos nossos dias. Uma pequena obra que não é uma obra pequena.
As imagens da capa e contra-capa da obra reproduzem trabalhos do pintor Paulo Damião
[cortesia da galeria de arte Trema-Arte Contemporânea].
§
Anabela Borges nasceu em Telões, Amarante, onde reside actualmente. É licenciada em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade …

Ao desafio com Anabela Borges
[25 Jan 2015 | Comentar | ]
Ao desafio com Anabela Borges

PARA Anabela Borges deve ter sido um desafio estimulante (supomos nós) descrever, em verso e a rimar, a vida de alguns animais, incluindo a das gatas Xica e Xana. Ir além das onomatopeias não é nada fácil. Pois bem, nós colocamos-lhe outro desafio: desvendar alguns segredos das personagens e da criação literária d’AS Famílias dos Animais. A escritora, entre sorrisos, parêntesis, aspas, reticências e exclamações respondeu a todas as nossas questões (até rima!), as mais das vezes cum grano salis. Desafio superado: Cláp! Cláp!
Por Paulo Moreira Lopes
Descreve a Xica Larica como …

A BULA de Outubro de 2014
[1 Out 2014 | 3 comentários | ]
A BULA de Outubro de 2014

O OUTONO está aí! Os sinais da sua chegada são muitos e variados. Basta ouvir a voz da terra, sentir o poder renovador da chuva e assistir ao novo ciclo das aves (já chegaram os corvos-marinhos!). Vão ser dias de mudança e de esperança. Para os enfrentar sugerimos a toma, se possível diária, dos comprimidos literários d’A BULA de outubro. É um preparado caseiro de talento e imaginação de Anabela Borges e Beatriz Lopes. O titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante d’A BULA é o Correio do …

Sete perguntas a Anabela Borges
[24 Mai 2014 | Comentar | ]
Sete perguntas a Anabela Borges

ANABELA Borges, por mais que queira, não consegue evitar as influências do local onde tem vivido desde que nasceu. Os motivos, para sermos sinceros, são muitos e variados. Vão desde a paisagem, com especial relevo para o rio, ao património edificado, à memória dos artistas que por lá viveram e à vida das gentes. Daí que não seja de espantar que as ideias lhe nasçam como cogumelos (o terreno é muito fértil). Estamos a falar, claro está, da cidade de Amarante e do seu concelho, sem os quais Anabela não era …