Início » Arquivos

Artigos com a tag: Agustina Bessa Luís

Agustina Bessa-Luís (1922)
[16 Jul 2017 | Comentar | ]
Agustina Bessa-Luís (1922)

Cada época tem a sua maneira de ser trágica. Nós contamos ao sol todas as trevas do coração, esperando sobreviver purificados.

Os primeiros 90 anos de Agustina
[14 Out 2012 | Comentar | ]
Os primeiros 90 anos de Agustina

NA VÉSPERA dos 90 anos de Agustina Bessa-Luís, viagem ao imaginário da escritora, com passagem pela casa na Rua do Gólgota, sobranceira ao Douro, onde vive há mais de quarenta anos. A família insiste que ela seja celebrada em vida, agora que a doença já não lhe permite assistir às comemorações da data.
A escrita
«O que é que a Maria Agustina gostava mais de escrever? Romances, eram os romances.» Alberto Luís, o marido de há mais de sessenta anos, conhece como poucos o trabalho da escritora. «Trabalhava de manhã e ao …

A Poesia Carnal de Agustina… por Inês Pedrosa
[14 Mai 2011 | Comentar | ]
A Poesia Carnal de Agustina… por Inês Pedrosa

«CADA voz está só e é única e é contra o coração dos outros, vertiginosamente, que ela ressoa». Esta frase de Agustina acompanha-me todos os dias. Ilumina as tragédias dos telejornais como a tristeza quotidiana da mulher que confessa à amiga a sua decepção, numa mesa de café. As mulheres desiludem-se, ao contrário dos homens, que são ensinados a viver sem ilusões. Às mulheres, ensina-se-lhes a viver sem tudo menos isso. Por isso as mulheres são especialistas em sobrevivência: é-lhes muito difícil perder a esperança, uma nesga de esperança que …

Agustina e Manoel de Oliveira por Inês Pedrosa
[23 Nov 2010 | Comentar | ]
Agustina e Manoel de Oliveira por Inês Pedrosa

INÊS Pedrosa, a excelente cronista portuguesa que leio no Expresso, escreve aqui sobre dois seres inacreditáveis: ele, o cineasta Manoel de Oliveira, 102 anos recém-completados, e ela a escritora Agustina Bessa-Luís, 88 anos também recentemente comemorados. Sentem-se numa poltrona confortável e leiam com atenção: tudo a ganhar. Lição de vida e lição de português, nem sei dizer qual a mais forte.
Agustina e Manoel
por Inês Pedrosa
Uniu-os sempre o brio, a coragem e a verdade.
Quarta feira, 17 de Novembro de 2010
Manoel de Oliveira disse há semanas, no Escritaria de Penafiel, que gostaria …