822 Leituras
0
COMPARTILHAR
Manuel Araújo...

Manuel Araújo da Cunha (1947)

O silêncio da tua voz quebrou o tempo
A doce madrugada emudeceu 

§

O sol morria à tarde, docemente.
Quando em ti meus olhos se ficaram 

§

Comando uma fragata naufragada
Arrasto pelas águas a idade do tempo 

§

Manuel Araújo da Cunha
, nasceu e reside em Rio Mau pequena aldeia de pescadores, lavradores, barqueiros e mineiros, situada na margem direita do rio Douro e no extremo sul do concelho de Penafiel. É autor dos livros: Contos do Douro, Dourointeiro, Dourolindo, A Ninfa do Douro, Palavras- Conversas com um Rio e Fado Falado-Crónicas do Facebook. Administra os blogues: Dourointeiro e Douro Lindo. No Facebook além da página pessoal e a de Autor, administra os Grupos: Livros, Escritaria e Douro Lindo.

Deixe aqui o seu comentário!

Protected by WP Anti Spam