2.113 Leituras
0
COMPARTILHAR
Aurelino Cost...

Aurelino Costa (1956)

Cenouras nas árvores
em pampa lustrem as várzeas 

§

É comovente, a tua poesia
chego a ter pena de ti e às vezes medo 

§

Teu corpo
-ócio de alga e sal
na vastidão do azul 

§

Aurelino Costa (Argivai, Póvoa de Varzim,1956). Poeta, Diseur, Advogado.

Obra: Poesia Solar (Ed.Orpheu, Lisboa /92). Na Raiz do Tempo (Ed.Tema, Lisboa 2000). Pitões das Júnias – Tões de Aurelino Costa com Anxo Pastor-(Ed. Fluviais, Lisboa e Galeria Arcana/Vila Garcia de Arousa, 2002); Amónio (Ed. Do Buraco, Lisboa/03); Na Terra de Genoveva (Ed.Do Buraco,Lisboa/05)

Discografia: Na Voz do Regresso.(Edição comemorativa do centenário do nascimento de José Régio. Ed.C.M. da Póvoa de Varzim/01,com António Victorino D’Almeida, J. Moura, Abel G.e L.Veloso.

Publicações digitais:

http://incomunidade.blogspot.com (Portugal)
http://incomunidade.com.sapo.pt (Portugal)
http://www.gargantadaserpente.com (Brasil)

Antologias:
A Poesia é Tudo (Ed. Francisco Guedes / Correntes D’escritas/04)
Na Liberdade – 30 anos – 25 Abril (Garça Editores/Peso da Régua/04)
Vento/Viento -sombra de vozes/sombra de voces (Ed.C.M. do Fundão e C.E.L.Y.A/04)

sito in http://www.jornaldepoesia.jor.br/

COMPARTILHAR
Artigo anteriorD
Próximo artigoDúvidas

Deixe aqui o seu comentário!

Protected by WP Anti Spam