307 Leituras
0
COMPARTILHAR
Alice Vieira ...

Alice Vieira (1943)

A língua sobre a pele o arrepio
os teus dedos na escada do meu corpo 

 

Aprendemos      disciplinadamente      a pôr
o tempo no seu lugar 

§

Entre a saliva e os sonhos há sempre
uma ferida de que não conseguimos regressar 

§

Às vezes uma palavra bastava
para que eu soubesse que virias sempre ao meu encontro 

Deixe aqui o seu comentário!

Protected by WP Anti Spam