1.465 Leituras
0
COMPARTILHAR
Manuel Vitori...

Manuel Vitorino

“Foi um concerto de emoções. Não foi um concerto para celebrar Zeca Afonso, antes para trazer o Zeca no coração”, recordou Patxi Andión, momentos após ter terminado o concerto “histórico” na superlotada sala Suggia da Casa da Música, quase três horas de canções, cumplicidades, afectividades, partilha de sentimentos, com amigos de ontem e de
sempre, Carlos Alberto Moniz, José Barros, João Afonso, sobrinho de José Afonso, mais o cantautor Iñigo Andión, 25 anos, filho de Patxi quase a completar 70, mas sempre com nostalgias do futuro. 

§

O fim estava anunciado e traçado há vários meses: o prédio será demolido para dar lugar a um hotel, mais um entre muitos outros que surgem como cogumelos para dar resposta ao apetecido mercado imobiliário. O tasco antigo morreu. Ficam as memórias na cidade cheia de turistas. 

§

Entre um “Passeio no Campo” e piquenique à mistura, muitos optaram pelo “Esplendor da Relva”, convivendo com a família e amigos. Serralves foi uma festa para os sentidos, um êxito que, ano após ano, junta milhares de pessoas e promove a democratização da cultura. Juntar Mundos foi o tema (feliz) da última edição. 

§

Oliveira viveu na “Casa da Vilarinha” até aos 73 anos, mas foi obrigado a abandoná-la devido à hipoteca e empréstimo bancário destinado à compra de máquinas para a empresa familiar. 

§

A minha primeira subida à torre dos Clérigos 

§

A Rua de Júlio Dinis tem duas caras 

§

Uma adega do outro mundo 

§

Viagens de infância nos rebuçados Victória 

§

O rio, a Afurada e o fotógrafo 

§

A adega do meu encantamento 

§

Um secreto adeus para o Manuel António Pina 

§

Cláudio Rio Mendes morreu por amor 

Nasceu no Porto (Paranhos). Estudou História na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, depois a Pós-Graduação em Direito da Comunicação, pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Escreveu durante anos sobre cinema n’O Primeiro de Janeiro e trabalhou 23 anos no Jornal de Notícias. Faz parte da Direcção do Grupo dos Amigos das Adegas e Tascos do Porto. Depois do Porto gosta do FCP mas também de caminhar pelo vale do rio Bestança. A Itália é o seu destino de eleição. Mantém em permanência o blogue: Mau tempo no canal

Deixe aqui o seu comentário!

Protected by WP Anti Spam