159 Leituras
0
COMPARTILHAR
Julião Roldão...

Julião Roldão (1953)

Estou a pensar que foi uma recente leitura de uma crónica de António Lobo Antunes – “Os Vivos e os Mortos” na revista Visão – o que me levou a publicar, na secção de necrologia do JN, esta memória, em forma poética, do meu pai, 

§

Estou a pensar numa batata que descasquei há dias. Estava sempre a olhar para baixo, com a posição corporal de quem evita enfrentar os outros de frente. 

§

Estou a pensar nestes dias, ditos das Bruxas, dos Fantasmas e de outros profissionais, um tempo também conhecido por Halloween, palavra inglesa que terá nascido da contração da expressão escocesa All Hallows’ Eve (véspera do dia de todos os Santos, em tradução livre), 

Deixe aqui o seu comentário!

Protected by WP Anti Spam