626 Leituras
0
COMPARTILHAR
Gracinda Ramo...

Gracinda Ramos

Esta será a viagem mais cara da minha vida… Um pormenor que é uma enormidade, quando tudo custa tanto a superar, despesas extra, pagamentos extra, insegurança extra, mas uma viagem que se fará contra tudo o que teima em impossibilita-la… 

§

Sempre me fascina atravessar o Pays Cathare, os castelos estão por todos os lados testemunhando, aparentemente, uma época de perturbação para a igreja católica. 

§

Da rua eu vi aquilo que me pareceu um amontoado de cruzes, mas não tinha a certeza, estava concentrada a escolher o que caminho que me levasse para a Lituania sem passar pela Bielorrussia, que era logo ali. 

§

Um arco do triunfo verde tinha de chamar a minha atenção, por isso eu procurei passar por ele ao passear por São Petersburgo. E lá estava o arco de Narva, construído para comemorar a vitória das tropas russas sobre as tropas napoleónicas! 

§

Às portas de Riga fica o Memorial de Rumbula… ali, na berma da estrada, junto à floresta com o mesmo nome, onde cerca de 25.000 judeus foram massacrados em 2 dias, no inverno de 1941, naquele que ficou conhecido como o Massacre de Rumbula. 

§

No meio do longo vale fica o Schloss Tarasp, bem em cima de uma colina só sua que o faz destacar-se num cenário digno de histórias de cavaleiros e princesas! 

§

Brașov encanta-me pela sua simplicidade, pela forma como a vida corre natural, mesmo com as ruas cheias de turistas e as esplanadas a abarrotar! 

§

Percorrer rios sempre me entusiasma a desenhar caminhos! Junto dos rios fica sempre a vida, a história, as aldeias que se converteram em cidades lindíssimas e as aldeias que serão sempre isso mesmo, belíssimos registos do passado! 

Gracinda Ramos

 

Deixe aqui o seu comentário!

Protected by WP Anti Spam