Correspondentes

Alexandra Malheiro (1972)

27 Julho 2017 Comentar

Na esplanada onde almoço, numa mesa ao lado, duas pombas debicam as sobras de um tabuleiro devoluto. Subitamente degladiam-se por uma réstia de qualquer coisa que não consigo vislumbrar. 

 

O meu conto “O homem da bicicleta” que, relembro, está a concurso no site Trëma (brasileiro), sendo o único texto português de Portugal, está a subir de classificação e no “pódio” graças aos meus queridos amigos do Face que acederam e votaram no próprio site. 

§

Inquietação. 

§

7 perguntas a Alexandra Malheiro

Deixe aqui o seu comentário!

Insira o seu comentário, ou trackback do seu próprio site. Pode também Subscreva estes comentários via RSS.

Correcção e Respeito por todas as opiniões.

Este site disponibiliza o Gravatar. Para criar o seu Gravatar faça o registo em Gravatar.