Fernando Echevarria (1929)

Entras como um punhal / até à minha vida. / Rasgas de estrelas e de sal / a carne da ferida.

Papiniano Carlos (1918-2012)

Belo é ver florir os galhos / das velhas árvores. / E ver chegar as aves / que voltam do Sul.

Fernando Guimarães (1928)

Principiamos a ler. O rosto inclina-se. Ainda separadas, / algumas das letras estremeceram. Tudo aquilo que se sente

Filipa Leal (1979)

Demoro-me neste país indeciso / que ainda procura o amor / no fundo dos relógios,

Raul Brandão (1867-1930)

passavam a vida à espera dos homens, enquanto as mãos ágeis iam tecendo ternura e espuma do mar…

César Augusto Romão (1951)

Quando, na Primavera, // O teu rosto se cobre / de flores // os teus olhos / são as primeiras / a abrir.

Domingos da Mota (1946)

Senhora da pós-verdade, / dizei-me, porque mentis / com a naturalidade / dum Pinóquio sem nariz

Luís Veiga Leitão (1912-1987)

A cidade equestre / No rio mergulha / Seus cascos de granito

Teresa Guedes (1957-2007)

No sambódromo / saltitam solas, / sinos, sinetas, / sainetes, sombrinhas, / sonhos, suspiros, / sorrisos, sustos.

José Régio (1901-1969)

Não me peças palavras, nem baladas, / Nem expressões, nem alma... Abre-me o seio

Rosa Alice Branco (1950)

Às vezes a noite estende-se através da pele, / mas tu mergulhas até apanhar a pedra / lá no fundo

Ana Luísa Amaral (1956)

Como posso dizer que o teu corpo é divino? / Nele eu faria o pino até insensatez,

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Rui Moreira (1956)

E peço-lhe desculpa se o refiro desta forma tão crua. Diz a senhora presidente que a delegação do Porto não tinha competências técnicas e, por isso, não se justificava a manutenção. De facto, Senhor Ministro, há muitos anos que os intermediários financeiros se queixavam que para qualquer assunto se viam obrigados a deslocarem-se à sede da CMVM em Lisboa. Exatamente p...

Rua da Estrada romana

UM soldado romano e uma estrada é uma daquelas parelhas que não causa qualquer surpresa. É como um semáforo ou uma placa de sinalização de trânsito ou um polícia sinaleiro se fosse cruzamento e se os tempos e circunstâncias fossem diferentes. Não teria havido império se não houvesse uma rede de estradas que chegasse a todas as terras dos bárbaros, sistema de circulação por onde se drenavam riquezas e impostos para Roma, por onde se movimentavam as legiões, a lei e o latim – uma barbaridade de dispositivos técnicos, legais, linguísticos, bélicos, logísticos, simbólicos… para manter um poder ass...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

Em qual dos uu está a bolsa do canguru?

Errata

No título da notícia publicada no JN de 18 de novembro de 2017, página 20, onde se lê, “Traficante traído por violência doméstica”, deve ler-se, “Traficante atraído por violência doméstica”, por PML