PALAVRAS VIVAS IV

/ 408 leituras
<!-- MEMÓRIA descritiva: PRETO: depois de escrita a palavra o fundo fica de cor preta; CADEIRA: Saem todas as letras exceto o R, cuja cara desaparece, ficando a parte restan...

PALAVRAS VIVAS V

/ 442 leituras
<!-- MEMÓRIA descritiva: TRANSPARENTE: depois de escrita a palavra ela fica de cor cinzenta igual ao fundo; ÓCULOS: o U+L+S saem e ficam só O+C+O, sendo que o C roda 90º, fo...

PALAVRAS VIVAS VI

/ 401 leituras
<!-- MEMÓRIA descritiva: CAFÉ: o E passa a ter quatro acentos, primeiro agudo, depois grave, agudo e por fim grave, apagando-se e acendendo-se de baixo para cima; PONTO: sae...

PALAVRAS VIVAS VII

/ 427 leituras
<!-- MEMÓRIA descritiva: VÍRGULA: o acento agudo voa por cima da palavra até assentar ao lado do A (parecido com FIM); CRUZ: o Z transforma-se em X; METADE: depois de escrit...

PALAVRAS VIVAS VIII

/ 419 leituras
<!-- MEMÓRIA descritiva: COPO: o primeiro O desce para debaixo do P que perde a cabeça e fica só com a haste, enquanto o C, rodando 90º em sentido contrário ao dos ponteiros...

PALAVRAS VIVAS XXV da AGITAR e do Centro Social da Sé

/ 525 leituras
<!-- MEMÓRIA descritiva: APRENDER: ao contrário do habitual, a palavra aparece de imediato e na sua totalidade, mas desfocada, indo progressivamente ganhando nitidez; BENGAL...

PALAVRAS VIVAS XXIV da AGITAR e do Centro Social da Sé

/ 595 leituras
<!-- MEMÓRIA descritiva: APOIAR: depois de escrita a palavra, as letras afastam-se umas das outras, após uma pequena pausa, juntam-se novamente ficando muito próximas; ENVEL...

PALAVRAS VIVAS XVI

/ 435 leituras
<!-- MEMÓRIA descritiva: CÃO menos DONO é igual a VADIO; CASAMENTO a dividir por DESILUSÃO é igual a DIVÓRCIO com resto DOR; CORRER a multiplicar por HORAS é igual a MARATON...

PALAVRAS VIVAS XVIII

/ 497 leituras
<!-- MEMÓRIA descritiva: ACORDAR: o A e o C sobem para cima do O; AJOELHAR: depois de escrita a palavra o segundo A passa para debaixo do R, o H para debaixo do A, o L para ...

PALAVRAS VIVAS XIX

/ 430 leituras
<!-- MEMÓRIA descritiva: ABADE: a barriga inferior do B cresce; FISSURA: desaparece um dos S; CÉLERE: depois de escrita a palavra esta sai muito rapidamente pelo lado direit...

PALAVRAS VIVAS XX

/ 484 leituras
<!-- MEMÓRIA descritiva: ADORMECER: primeiro apaga-se o A, depois a DOR, a seguir o ME e por fim o CER(1) ; FUGIR: cada uma das letras foge para seu lado; MERGULHAR: a palav...

PALAVRAS VIVAS XXI

/ 407 leituras
<!-- MEMÓRIA descritiva: ZERO: sai o Z, o E e o R e fica só o O; DOIS: sai o D, o O e o I, sendo que o S inverte-se (roda para a esquerda); TRÊS: sai o T, o R e o S, ficando...

PALAVRAS VIVAS XXIII

/ 449 leituras
<!-- MEMÓRIA descritiva: ANDOR: o A passa para cima da DOR enquanto o N se duplica, ficando um debaixo do D e outro do R, saindo o conjunto de modo lento pelo lado direito d...

PALAVRAS VIVAS XXII

/ 423 leituras
<!-- MEMÓRIA descritiva: BRASIL: o B roda 90º no sentido dos ponteiros do relógio; ENTRE-OS-RIOS: depois de escrita a palavra os hífens são trocados por tiles; ITÁLIA: depoi...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Rui Moreira (1956)

ESSE dramatismo ligado ao turismo é uma conversa aborrecida. O Porto sempre foi uma urbe gentrificada. Por ingleses, alemães, franceses. […] A ideia de gentrificação é uma ideia aborrecida de uma esquerda reacionária que fala cada vez mais de um fenómeno que não existe.

Rua da Estrada Moderna

TUDO o que possa representar ou evocar um sinal que seja do caos, das coisas desalinhadas dispostas em lugares aleatórios, é anti-moderno. O moderno é claro e luminoso, não admite sombras e rugosidades. Crenças, mistérios ou encantamentos são coisas pretéritas e nevoadas. O moderno é o progresso, o novo, a contínua palpitação das coisas na sua marcha ordenada para um mundo perfeito que verdadeiramente possa ser um mundo onde os outros mundos se desintegraram e se dissolveram por tão desorientados e confusos terem andado dissipando energias a marcar diferenças, lugares únicos, maneiras disti...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 30 leituras
Na aguarela a cor está na água ou na rela?