Artigos na categoria Miradouro

683 Leituras
APESAR DESTAS ARRELIAS que me vão complicando a vida, conservo ainda intactos alguns sonhos da infância, imagino como será viver numa grande cidade re...

325 Leituras
ÀS VEZES APETECE-ME percorrer outros caminhos, sair em busca de novas e excitantes aventuras, afigura-se-me que para além de ti, de tudo o que te rode...

445 Leituras
A TERRA DE MELRES É BARRENTA, quase vermelha, o pó do trilho tinge de escarlate as botas de água do Caga-na-Marca. É encarnada a terra não muito difer...

342 Leituras
APETECE-ME FALAR DE TI COMO SE FOSSES AUSENTE, como se tu e eu vivêssemos longe um do outro, como que se apenas uma grande saudade nos unisse. Sabes q...

467 Leituras
O TEMPO PASSA A CORRER sobre as tuas águas e sobre as serras. Já foi Primavera, as árvores que te enfeitam as margens, vestiram-se de gala e a cor ver...

407 Leituras
ESTA HISTÓRIA NUNCA DEVIA SER CONTADA. Acontecem-nos coisa na vida que mais parecem ser autênticos milagres ou coincidências tão estranhas que nos mar...

342 Leituras
UM GRANDE RIO COMO TU tem sempre imensas histórias para contar. Eu sei que te enfastias a remoer o passado mas há momentos em que apetece relembrar. T...

301 Leituras
NÃO SEI SE FORAM RECORDAÇÕES ou traumas de uma infância infeliz que fizeram esse senhor aparentemente importante regressar ao fim de tantos anos ao lu...

397 Leituras
HÁ MILHÕES de anos, quando os mundos se fundiam numa guerra astral sem precedentes, surgiram aqui vindas do nada estas duas maravilhosa correntes líqu...

474 Leituras
MATILDE era decerto a mais formosa e talentosa das meninas da escola primária da pequenina povoação de Rio Mau. Usava nas tranças do cabelo negro que ...

602 Leituras
É AQUI que eu moro nesta reentrância de paz e de silêncio. O rio é o meu confidente, ouve-me, permite-me esvaziar a solidão que só um barco sabe como ...

Vai no Batalha

NÃO serei nem uma coisa, nem outra. Não quero sair do Porto. Não tenho vontade nenhuma de sair do Porto, como já demonstrei outras vezes. O mais provável será fazer mais um (mandato). Dois mandatos será o ciclo razoável para estas coisas. A partir daí voltarei a tratar das coisas que sempre gostei, como escrever ou fotografar.

Rua da Estrada

683 Leituras
PARA memória futura antes que a tinta desbote, fica registado que este galo é de Barcelos, das terras de Prado onde se fazia muita telha, louça e figu...

Enigmatógrafo

683 Leituras
Quem está à coca quando cuca o cuco usa chapéu de coco na cuca?