Moura Morta

Asa de folha no desapego do ramo, na incidência da luz fria do véu que flutua, da grinalda dos nenúfares da bandeja do pranto. Guarda a mão em ruína que alcança a beleza e o silêncio par...

“Olhos tropeçando em nuvens e outras coisas” de João Pedro Mésseder

HÁ olhos que quase só deslizam no telemóvel; e olhos que tropeçam em nuvens, em bolas, em pessoas, em patas de aranha, eu sei lá em quê. Às vezes, esses olhos tropeçantes querem que as mãos ...

Rua da Estrada do relicário

TUDO o que não se entende, se revela de forma fugaz, tudo o que nos parece grandioso e “transcendente” (que se revela para lá do que se conhece), tudo o que é insólito, novo, inexplicável, t...

Fernando Mesquita Peixoto (1940)

FERNANDO Mesquita Peixoto nasceu em 1940, em Miragaia, Porto. Viveu, até aos 14 anos, num colégio para órfãos, onde fez a quarta classe e o exame de admissão ao liceu. Depois foi viver para ...

Sobrolho de Ramón por Constança Araújo Amador

Franzimos o sobrolho porque queremos agarrar com pinças um grande pensamento que se nos escapa. Por Ramón Gómez de la Serna, publicado in Greguerías, seleção e tradução de Jorge Silva Mel...

Lourenço

TUDO SE ALTEROU EM POUCOS ANOS. Os homens da ciência e da técnica transformaram de tal maneira o mundo que seria difícil estabelecer comparações entre o antes e o depois sem causar sérias dú...

Cebola

Há coisas que nascem para nos fazer chorar. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro.

Borges e eu

TODOS os turistas parecem um pouco míopes quando estão perdidos. Há, na sua mais sincera desorientação, uma ternura proibida, um nítido apelo de luz sobre o rosto. Gosto de os ver caminhar n...

Royal Mile

A ROYAL Mile estende-se preguiçosamente, esquecida quase que está pelo calcorrear maléfico das altezas reais que de gente fez degrau e, abaixo e acima, fazia do povo sina. O vento corre seco...

A Rua do Paraíso

UMA afirmação de Agustina B-L no prefácio deste livro deixou-me agradada e surpreendida. Ela diz que A Rua do Paraíso é muito melhor do que o Cinema Paradiso, de Giuseppe Tornatore. Ora C...

Pedro Craveiro, 27 anos

“UM compromisso sério”. É assim que Pedro Craveiro resume, em poucas palavras, a sua relação com a poesia. O antigo estudante da Faculdade de Letras – onde completou a Licenciatura em Estudo...

Sede da Juventude Cansada

RESTORATION of the fatigued youth consists the recuperation of the signage of the abandoned youth organisation Fatigued Youth (Porto, Portugal). The full name of the original street billboar...

Maria do Alívio Maio Paroleiro (1938)

MARIA do Alívio Maio Paroleiro (tia Bolita) nasceu em 1938, na Rua Elias Garcia, na Póvoa de Varzim. Casou com Viriato Novo e teve 11 filhos, oito raparigas. Ainda menina já ajudava a mãe a ...

João Evangelista Silva (1957)

JOÃO Evangelista Moura da Costa e Silva começou a passar música em discotecas, primeiro na Póvoa de Varzim, cidade onde nasceu no ano de 1957, e depois em Braga. A carreira de disco-jóquei i...

Tabuleta Digital