Artigos na categoria Do Porto

18 Leituras
SE os alimentos só pudessem ter um sabor, Susana Soares escolheria provavelmente… queijo derretido. Mas porque não podem (pelo menos por enquanto), é ...

96 Leituras
Rosnar ternurento. Texto de Francisco Duarte Mangas e ilustração de Renata Carneiro.

44 Leituras
SÓ conheceu um clube na sua carreia, o Varzim. Foram 17 anos a defender a mesma camisola, uma raridade nos dias que correm. Entrou para os juniores co...

80 Leituras
- Quando a navalha do barbeiro apara a nuca, o cliente guarda um minuto de silêncio. Por Ramón Gómez de la Serna, publicado in Greguerías, seleção ...

31 Leituras
É FÁCIL perdermo-nos no tempo quando ouvimos Germano Silva falar do Porto. E não apenas porque as horas passam sem que se dê por elas, tantas são as h...

47 Leituras
NA “vida real”, Ana Catarina Ribeiro é uma divertida portuense que acaba de terminar o 3.º ano da licenciatura em Direito da Faculdade de Direito da U...

239 Leituras
PARA ler, antes de mais é preciso ter fome. Não aquela fome de estômago, aquela fome física que todos os dias experimentamos. É doutra fome que falo, ...

151 Leituras
DURMO baixinho, entro no sono sem que ele se aperceba, encontro à minha espera um longo caminho que me levará ao meu verdadeiro útero. Vou voltar p...

130 Leituras
Examinemos na alternância do mar o desbaste dos sentidos na terra. A afiação. A têmpera do fio da água. Cofia-se aos metais, à lâmina amolada, o...

39 Leituras
TALVEZ por ter esgotado todas as formas de pensar e escrever arquitectura já nos anos 1960, Nuno Portas encontrou um refúgio – muito desabrigado – no ...

328 Leituras
NUNO Canavez nasceu em 1935, no Vale do Juncal, aldeia do concelho de Mirandela. Com treze anos calçou sapatos pela primeira vez, vestiu um fato e mud...

46 Leituras
OS “famosos cinco” eram Sandra Morais, os irmãos e os primos e o cenário das suas aventuras era a fábrica que o pai abriu em Leça do Balio em 1976. Na...

151 Leituras
NÃO é fácil estabelecer a cronologia completa destas ocorrências. Talvez o viaduto, altíssima obra de arte com um risco de luz ao meio, tenha sido a ú...

65 Leituras
MARIA Olívia da Costa Castanho dos Santos nasceu em 1947, na Póvoa de Varzim. Fez a quarta classe e conheceu várias profissões até entrar para a Macon...

Vai no Batalha

A VIDA política não pode ser um prémio, mas creio que mereço a confiança dos cidadãos e a oportunidade de demonstrar que o modelo seguido é sustentável e vale a pena ser prosseguido, beneficiando agora de cenário mais favorável.

Rua da Estrada

18 Leituras
NÃO é fácil estabelecer a cronologia completa destas ocorrências. Talvez o viaduto, altíssima obra de arte com um risco de luz ao meio, tenha sido a ú...

Enigmatógrafo

18 Leituras
Os escaravelhos também escaram os novos?

No slogan da campanha do CDU para as Autárquicas 2107 onde se lê "Confiança numa vida melhor" deve ler-se "Confiança numa vida melhor para os militantes comunistas"