Artigos na categoria Letra D

1. No cais toda a gente sufocou numa rodilha de dor assombrada. Por Raul Brandão, in Os Pescadores, Estante Editora, 2.ª edição, agosto de 2010,...

O D sempre achou que era só metade de si. E vinga-se vivendo à dentada, trincando o vazio como que à procura de meia laranja, meia-tijela ou da metade...

O degrau é paciência Por Daniel Faria, in Poesia, Explicação da casa, Edições Quasi, 1.ª edição, Novembro de 2003, página 55. https://youtu.be/1...

O diamante também sonha poder um dia brilhar no escuro Por Jorge Sousa Braga, in O poeta nu , Diamanate, Assírio & Alvim, 2.ª edição, abril d...

os dióspiros acendem a manhã de outono em s. pedro do sul na aldeia do paraíso. nem uma folha só os frutos, agasalho de lume. &nb...

1. …A dúvida agita os cortinados e nos sítios mais íntimos da vida acorda o passado. …   Por Manuel António Pina, in TODAS AS P...

Deus a rir é o Diabo.   Por Augusto Baptista, in Histórias de coisa nenhuma e outras pequenas significâncias, Campo das Letras, novembro de...

…Também o tempo se move imovelmente no tempo, a esperança na incerteza, o desejo na convicção da eternidade. …   Manuel António Pina, TOD...

Engano. Decerto já ouviste falar na história de um mouro transido que trocou toda a água por amor de uma princesa cristã...   Por João Pedr...

Imitação de chuva, de origem francesa.   Por João Pedro Mésseder e Francisco Duarte Mangas, in Breviário da Água, Editorial Caminho, 2004, ...

1. Entre as escarpas do sol, o dorso da serpente.   Por João Pedro Mésseder e Francisco Duarte Mangas, in Breviário da Água, Ed...

Enquanto as Dourodeias vinham ao de cima brincar nos reflexos das águas com olhos de limo, cabelos de algas, despenteios de espuma traz...

Raio de sol do deserto.   Por João Pedro Mésseder, in Elucidário de Youkali seguido de Ordem Alfabética, Editorial Caminho, janeiro de 2006...

Referente a primitiva forma de crepe.   Por João Pedro Mésseder, in Elucidário de Youkali seguido de Ordem Alfabética, Editorial Cami...

Vai no Batalha

A VIDA política não pode ser um prémio, mas creio que mereço a confiança dos cidadãos e a oportunidade de demonstrar que o modelo seguido é sustentável e vale a pena ser prosseguido, beneficiando agora de cenário mais favorável.

Rua da Estrada

106 Leituras
NÃO é fácil estabelecer a cronologia completa destas ocorrências. Talvez o viaduto, altíssima obra de arte com um risco de luz ao meio, tenha sido a ú...

Enigmatógrafo

106 Leituras
Os escaravelhos também escaram os novos?

No slogan da campanha do CDU para as Autárquicas 2107 onde se lê "Confiança numa vida melhor" deve ler-se "Confiança numa vida melhor para os militantes comunistas"