Sandra Nobre (1972)

/ 961 leituras
A Istiklal, no coração histórico de Istambul, é um lugar que transborda vida. Esta avenida pedonal com quilómetro e meio de extensão — normalmente atravessada por um elétrico, mas que encont...

Alexandra Malheiro (1972)

/ 527 leituras
Cruzei-me hoje com este guarda-chuva, a secar. Não sei a quem pertence mas não pude deixar de o fotografar e, mais ainda, deixar de me imaginar sob o seu agasalho. → 3. Eu sei, estima...

Zilda Cardoso

/ 1481 leituras
Ser solitário pode ser um luxo. No presente, é para mim muito negativo ser solitário. Solitário faz-me lembrar duas coisas: a lógica de Carroll bem clara em Alice do Outro Lado do Espelho e ...

Rui Manuel Amaral (1973)

/ 743 leituras
Um dos contos mais famosos de Virgilio Piñera narra a história de um homem que se alimenta literalmente de crianças pequenas, «de poucos meses». Uma espécie de apreciador swiftiano das quali...

Gracinda Ramos

/ 934 leituras
O dia parecia ir melhorar quando acordei, havia mesmo um pedaço de céu azul a espreitar sobre a cidade e eu senti-me encorajada em enfiar-me no meio dos turistas para visitar um pouco mais d...

José António Gomes (1957)

/ 1136 leituras
Esta foi a semana em que a mobilidade dos trabalhadores portugueses ficou mais difícil, porque mais cara: 2,5% de aumento nos transportes públicos, sendo de 2% a percentagem de aumento médio...

José Rui Teixeira (1974)

/ 59 leituras
Eis que termina 2017. Se, por um lado, gosto de balanços… por outro, tenho cada vez mais dificuldade em compartimentar cronologicamente a minha experiência de temporalidade. Sinto que 2017 f...

Anabela Borges (1970)

/ 1343 leituras
Creiamos na boa vontade dos homens, pois é ela que faz evoluir todas as humanidades da Humanidade de que somos revestidos. É principalmente disso que se trata – de vontade. → 24. Hoje...

Regina Gouveia (1945)

/ 258 leituras
Gosto muito de passar uns tempos no Nordeste transmontano, onde cresci. Há já vários anos que ali passo, no Verão, cerca de um mês e meio. Passo também alguns fins de semana ao longo do ano,...

Paulo Moreira Lopes (1967)

/ 1309 leituras
Este também o vi aparecer. Com tantos médicos e enfermeiros por perto, será que irão sarar a ferida? Desconfio que sejam os próprios médicos e enfermeiros (profissionais e estudantes) a abri...

Helder Pacheco (1937)

/ 891 leituras
Aí por 1980, num seminário sobre Património, no Funchal, expus o significado social que caracterizava as ilhas e bairros operários do Porto. Defendi que o projecto SAAL, que pretendia reabil...

Pedro Guilherme-Moreira (1969)

/ 660 leituras
Estou triste e fragilizado e preciso de apoio. Chamaram-me snowflake, machista, racista e não falta muito dizem que chove mais no Porto, não fosse a seca nacional. Agora que pedi ajuda, é ig...

Julião Roldão (1953)

/ 524 leituras
Estou já a pensar no caso do Natal. Até o Círculo de Leitores publica uma revista com promoções natalícias. Eu, este ano, nostálgico do tempo em que fui escritor fantasma, estou tentado a ed...

Paulo Ferreira da Cunha (1959)

/ 168 leituras
Dos mais belos princípios esculpidos na mentalidade jurídica (espera-se) desde os primeiros bancos da Universidade, pacta sunt servanda (os pactos, os compromissos, são para se cumprir) é al...

Tabuleta Digital

Vai no Batalha

Bragança Fernandes (1948)

O António Costa neste momento está a acender uma vela para que [Rui] Rio ganhe.

Rua da Estrada que não funciona

A RUA da Estrada que não funciona perdeu o asfalto. Regressou à terra. Resta a gravilha, sulcos de terra que o sol irá empoeirar ou lamaçal quando vierem as grandes chuvas. Outros tempos houve em que o bulício não despegava. Para a grande catedral branca rumavam toneladas de grãos de trigo em camiões e do comboio que ali passava iam e vinham outras mercadorias e outra gente que agora deu sumiço. Era a estrada que cruzava a estação, o caminho-de-asfalto e o caminho-de-ferro, esfolado um e desferrado outro. Ficou a estação do tempo salazarento, monumento de arquitectura do Portugal dos Pequen...

Enigmatógrafo

Enigmatógrafo de Augusto Baptista

/ 409 leituras
Os Aquários são de vidro?